Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019.
Dia do Gráfico.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

governo federal

Alterada em 07/02 às 22h09min

'Vamos aguardar o que é esta questão da pneumonia' diz Mourão sobre Bolsonaro

Estadão Conteúdo
O vice-presidente Hamilton Mourão disse nesta quinta-feira (7), que é preciso aguardar os dados concretos em relação à saúde do presidente Jair Bolsonaro, que apresentou um quadro de febre e pneumonia. "Vamos aguardar o que é esta questão da pneumonia. O dado que temos aí ainda é incipiente e é normal de acontecer quando a pessoa fica muito tempo deitada. Ambiente de hospital tem esses problemas. Vamos aguardar", afirmou Mourão, ao explicar que não falou com o presidente porque "ele não está falando". O vice disse ainda que "mais tarde", vai tentar esclarecer melhor a situação, conversando com os familiares de Bolsonaro.
No dia 28 de janeiro, o presidente Jair Bolsonaro foi submetido a uma cirurgia de retirada da bolsa de colostomia e reconstituição do intestino, por conta da facada que recebeu em Juiz de Fora, em 6 de setembro, durante a campanha eleitoral.
No fim de semana, Bolsonaro apresentou febre e retornou à unidade de terapia semi-intensiva, para reiniciar o uso de antibióticos. A febre cedeu, mas acabou voltando, agora acompanhando o quadro de pneumonia. Com essa nova intercorrência, não há previsão de alta do presidente do hospital Albert Einstein, em São Paulo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia