Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de outubro de 2018.
Dia do Nordestino e dia Nacional do Combate a Cartéis. Feriado nos EUA: Columbus Day.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2018

08/10/2018 - 17h21min. Alterada em 08/10 às 17h21min

Movimento apoiado por Luciano Huck e empresários elege 16 candidatos no País

No Rio Grande do Sul, Fabio Ostermann (Novo) conseguiu vaga para a Assembleia Legislativa

No Rio Grande do Sul, Fabio Ostermann (Novo) conseguiu vaga para a Assembleia Legislativa


CLAITON DORNELLES /JC
Paulo Egídio
Lançado pelo empresário Eduardo Mufarej, presidente da Somos Educação, e apoiado por nomes como o apresentador Luciano Huck, o publicitário Nizan Guanaes e o economista Armínio Fraga, o movimento RenovaBR, que ajudou a financiar a campanha de novas lideranças políticas em todo o Brasil, elegeu 16 candidatos (ver lista abaixo) nas eleições deste domingo (7).
Membros da iniciativa filiados a sete legendas diferentes conquistaram, juntos, uma vaga ao Senado (Alessandro Vieira, Rede-SE), nove para a Câmara dos Deputados e seis para Assembleias Legislativas. No Rio Grande do Sul, Fábio Ostermann (Novo) foi eleito com apoio do movimento. Ele recebeu 48.897 votos e foi o 16º deputado estadual mais votado do Estado.
De acordo com Ostermann, os parlamentares eleitos passarão por dois módulos de preparação para mandatários, em novembro e em janeiro, antes de assumirem os cargos. Segundo ele, os políticos ligados ao movimento vão pautar seu mandato por ideias que caminhem na direção de um “centro democrático. “A gente precisa ter uma defesa coerente das liberdades individuais e, ao mesmo, um compromisso com a responsabilidade fiscal”, pontua o deputado eleito.
Na visão de Ostermann, a possibilidade de renovação oferecida por movimentos cívicos foi ofuscada pela força de candidatos apoiados pelo presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). “Houve um vento muito forte da onda ‘bolsonarista’ que acabou enviesando a renovação para uma certa histeria”, avalia.
Para o deputado do Novo, o clima de beligerância e polarização na eleição presidencial prejudicou lideranças com o ideal de pacificação. Não identificado com partidos, o RenovaBR tem como princípios a honestidade, o diálogo e a dedicação.
Com a proposta de colher doações de pessoas físicas e investir na formação de novos políticos, o movimento lançou 120 candidatos nas eleições por 22 partidos diferentes. Juntos, eles receberam mais de 4,5 milhões de votos.

>>Candidatos do Renova BR eleitos

Senado
  • Alessandro Vieira (Rede-SE)
Câmara Federal
  • ES - Felipe Rigoni (PSB)
  • MG - Tiago Mitraud (Novo) e Lucas Gonzalez (Novo)
  • RJ - Marcelo Calero (PPS), Paulo Ganime (Novo) e Luiz Lima (PSL)
  • RR - Joênia Wapichana (REDE)
  • SP - Tábata Amaral (PDT) e Vinicius Poit (Novo)
Assembleias Legislativas:
  • SP - Daniel José (Novo), Heni Ozi Cukier (Novo), Marina Helou (Rede) e Ricardo Mellão (Novo)
RS - Fábio Ostermann (Novo)
  • AL - David Maia (DEM)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia