Porto Alegre, domingo, 10 de fevereiro de 2019.
Dia do Atleta Profissional.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Brigas de camelos se mantêm no Paquistão ignorando direitos dos animais

Os combates entre animais, como a outrora popular rinha de galos, estão cada vez mais em desuso. Mas, em algumas regiões, a conscientização sobre os direitos dos bichos ainda não é tão disseminada - pelo menos não de forma suficiente para interromper tradições milenares. É o caso das brigas de camelos, prática que se originou entre tribos turcas há mais de 2 mil anos. Observando a disputa natural entre machos por uma fêmea no cio, os organizadores aproveitam-se da época do acasalamento para organizar festivais. Os animais lutam usando seus pescoços como alavanca para forçar o adversário a cair, como pode-se observar na imagem, registrada durante uma briga entre dromedários no distrito de Layyah, no Paquistão. Um competidor é declarado vitorioso se seu concorrente cair no chão ou fugir da luta.
 

FOTO SS MIRZA/AFP/JC