Porto Alegre, terça-feira, 15 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Inauguração de embaixada americana em Jerusalém gera protestos

Segue crescendo o número de mortos e feridos em decorrência da escalada de violência na Faixa de Gaza. Apenas nesta terça-feira (15), já foram contabilizados mais de 400 feridos, enquanto o dia de ontem terminou com 60 mortos e 2.771 feridos. A região vem registrando protestos violentos após a instalação da Embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém ontem - com a medida, o governo do presidente norte-americano Donald Trump passa a reconhecer Jerusalém, cidade sagrada para três religiões monoteístas e alvo de disputas entre palestinos e israelenses, como sendo a capital de Israel. As manifestações ocorrem ainda no momento do 70º aniversário do Dia da Nakba (Catástrofe), em comemoração ao exílio forçado aos palestinos após a criação do Estado de Israel. O número alto de vítimas reacendeu as críticas internacionais contra o uso de força letal por Israel contra manifestantes desarmados.
 

FOTO JAAFAR ASHTIYEH/AFP/JC
15/05/2018 - 17h58min