Porto Alegre, sábado, 10 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Força de temporal em Porto Alegre lembra supertempestade de 2016

O temporal com ventos de 80 km/h que surpreendeu Porto Alegre nessa sexta-feira (9) acabou sendo comparado ao fenômeno climático que provocou a supertempestade em 29 de janeiro de 2016. Os estragos há dois anos foram maiores. A combinação forte calor e massa de ar frio gerou a chuva que durou 30 minutos e derrubou árvores nas ruas e avenidas, destelhou coberturas de prédios - como de uma das unidades do Colégio Rosário que foi em parte ao chão, alagou ruas e cortou energia de mais de 45 mil clientes a CEEE na Capital e cidades até o Litoral Norte sem luz. No começo da noite deste sábado 910), ainda restavam 3 mil locais sem energia.
 

FOTO MARIANA CARLESSO/JC
10/02/2018 - 19h44min